Saltar navegação. Ir directamente para o conteúdo principal. (Tecla de acesso S)

Cabecera

Secção de utilidades

Secção de idiomas

Fim da secção de idiomas

Fim da secção de utilidades

Está em:

  1. Optometría

Optometría

Iniciar o conteúdo principal

Alterações na visão da cor

Sistemas de detecção

Lâminas Pseudoisocromáticas:

Trata-se de uma prova onde o paciente deve identificar os números que aparecem numa série de cartas de cores, chamadas Cartas de Ishihara, com um número visível para aqueles com visão normal, e invisível ou difícil de ver para quem tem um defeito na visão. Os números e as cartas têm o mesmo tom mas são de diferente cor.

A prova consta de 38 discos, ainda que o profissional costume detectar a deficiência na visão após a passagem de poucas cartas. Com as primeiras 24 placas obtêm-se um diagnóstico preciso da severidade da afecção.

Cartas de Ishihara

De ordenação:

O profissional solicita ao paciente a classificação, de forma sequencial, de uma série de elementos em função do seu tom ou saturação da cor.

Anomaloscopias:

O objectivo é conseguir igualdades colorimétricas. Os mais utilizados são as anomaloscopias de Nagel e Pickford- Nicolson. Actualmente também se realizam outro tipo de exames mais sofisticados, dirigidos às deficiências do eixo tritan (azul-amarelo). Não obstante, as primeiras são as mais comuns.

Se suspeita que pode ter uma alteração na percepção da visão da cor, dirija-se aos nossos centros especializados em lentes Chromagen ou em Terapias Visuais. Os nossos óptico-optometristas aconselham-no e ajudam-no na avaliação da cor.

Mais informação

Fim do conteúdo principal